The Phoenix and The Dragon

phoenix_e_dragon1

A lenda da Phoenix e o Dragon – O encontro do Yin e do Yang.

… E a Phoenix mais uma vez ressuscitou de suas cinzas e continuou sua vida imortal…

Um dia a Phoenix se deparou com uma caverna, um local de grande concentração energética, ideal para construir-se uma morada. Esse local era conhecido como a Cova do Dragon – um local onde se encontrava o sopro do renascimento, onde a força criativa e o receptivo circulavam intensamente tornando este um lugar propício a transformação do ser – habitado por um poderoso e sábio Dragon que se dizia em extinção sendo o último de sua espécie.

A Phoenix compadecida dele entregou-lhe o que de mais importante e intenso possuía… o AMOR.

Quando o Dragon em toda sua majestade falava de sua vida a Phoenix se extasiava.

Determinado dia, em que o brilho do sol não adentrou o íntimo da cova, a Phoenix começou a gemer, prevendo a sua morte, e antes que começasse a construir a sua pira de canela, sálvia e mirra, uma espécie de leito de morte, o seu ninho mortal, para que ela pudesse queimar e ressurgir das cinzas, o Dragon deu-lhe metade de seu coração para que tivesse mais vida. Assim o fez porque havia se apaixonado pela sinceridade da Phoenix em aprender com vossa sabedoria, mas em toda sua sabedoria o Dragon não conhecia o poder imortal que ela possuía.

E a Phoenix morreu… E o Dragon morreu também…

A Phoenix mais uma vez ressuscitou de suas cinzas e como magia e encanto o Dragon também ressuscitou. Diz a lenda que com a sabedoria do Dragon e a experiência da Phoenix eles já não mais habitavam corpos de ave e dragão, porque o amor que sentiam era tão intenso, tão verdadeiro e profundo que encontraram uma forma de se igualarem em semelhança e procriarem… Jamais saberemos quem – o Dragon ou a Phoenix imortal – empreendeu uma viagem magnífica até os confins do Universo para buscar a fórmula que permitisse a esse amor procriar. E assim, mesmo em corpos diferentes ainda são Phoenix e Dragon representando o encontro do Yin e do Yang, onde se resumem todos os princípios do mundo, na busca da preservação da vida e a transformação do espírito.


“O Dragon representa “o espírito do caminho” que traz a mudança eterna. Assim como a Phoenix, na verdade, que renasce eternamente de suas cinzas. Quando retratada com o Dragon como um símbolo do imperador, a Phoenix se torna inteiramente feminina como a Imperatriz e, juntos, eles representam os dois aspectos do poder imperial. O aspecto feminino (huang), denota beleza, delicadeza de sentimentos e paz. Ele também é um símbolo nupcial significando “comunhão inseparáveis.” Isso não é só para o casal, mas para o yin-yang que completa interdependência mútua no universo em termos de dualidade”.


ACENDA DENTRO DE TI O FOGO QUE RENASCE E PURIFICA DESPERTANDO SEUS PODERES INTERNOS.

Você é o maestro de toda transformação!

Klau, The Dragon Coach.

https://www.facebook.com/thedragoncoach

Telefone / WhatsApp: +55 (61) 99283-7346
e-mail: thedragoncoach@gmail.com

Anúncios