Ausência Assimilada

Nenhum texto alternativo automático disponível.

É na ausência – Phoenix – que Dragon reflete na importância e valor do tempo sem presença,

É na ausência – Phoenix – que Dragon percebe a necessidade da ausente presença por vezes,

É na ausência – Phoenix – que Dragon aprende a respeitar o tempo sem presença,

É na ausência – Phoenix – que Dragon revive a maravilhosa arte do reencontro,

É na ausência – Phoenix – que Dragon compreende o momento da indiferença,

É na ausência – Phoenix – que Dragon sente a força imensurável do amor verdadeiro,

 É na ausência – Phoenix – que Dragon se faz ainda mais intenso em sua simples expressividade,

É no relacionamento a distância – Phoenix – que compreendemos a necessidade, que se fez maior que o próprio momento, de vivenciar o agora, no assimilar da ausência necessária.

Ausência

“Por muito tempo achei que a ausência é falta.
E lastimava, ignorante, a falta.
Hoje não a lastimo.
Não há falta na ausência.
A ausência é um estar em mim.
E sinto-a, branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços, que rio e danço e invento exclamações alegres, porque a ausência, essa ausência assimilada, ninguém a rouba mais de mim.”

Carlos Drummond de Andrade

 The Dragon


 

Você é a Ausência de toda transformação!

Klau Cordeiro, The Dragon Coach

https://www.facebook.com/thedragoncoach

Telefone / WhatsApp: +55 (61) 99283-7346
e-mail: thedragoncoach@gmail.com

Anúncios

Um comentário sobre “Ausência Assimilada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s