Aonde está você agora?

download

Nós mudamos o nosso comportamento, quando a dor de permanecermos na mesma se torna maior do que a dor de mudar. – Henry Cloud

A Coach de vida e carreira Cris Repolês – uma frequentadora assídua de bons e instrutivos ensinamentos, além de cursos e treinamentos, – publicou um post no O Jornal da Fênix’ sobre  o trabalho desenvolvido pelo Coach Frederic Hudson, do Instituto Hudson de Santa Barbara.

Ao pesquisar sobre O Ciclo de Renovação,  compreendi que Hudson desenvolvera uma metáfora-teste (lembrando que a metáfora, no dizer de Henry Kimsey, nos proporciona imagens ricas para exploração e caso não resulte  em uma percepção precisa, sempre haverá um outro caminho) para fazer com que as pessoas possam perceber o seu estado atual, ou seja, “Aonde está você agora?”. Ele associa os estados que vivemos com as quatro estações do ano. Cada uma delas (verão, outono, inverno e primavera) representa um tempo e todas têm suas características determinantes.

1 – O verão (Fazendo acontecer¹) se fundamenta pela energia. O imenso sentimento de realização pode ser chamado de “Eu herói”. As realizações estão nesse momento do ciclo a todo vapor. Às vezes, o verão termina provocado por fatores externos e sem que se perceba a fonte que parecia inesgotável diminui. Como reagir ao fim dessa fase?
Talvez saber aceitar o fim da fase, criar novas estratégias, competências e atitudes e melhorar a administração de tempo e do stress seja uma boa forma de lidar com esse término repentino.
2 – A segunda e não menos importante fase é o outono (A paralisia¹). Esta estação se caracteriza pela paralisia e impotência. Parece que tudo foge ao controle. Sentimentos de desilusão e desencanto são frequente visitantes do “eu”. O conhecido “Eu morno” também tem uma forte presença nessa fase.
3 – A terceira fase é o inverno (A caverna¹), o período da reflexão e do recolhimento. É o momento em que se desenvolve um olhar para dentro de si mesmo e todos os questionamentos se fazem presente. As aptidões e os novos talentos surgem após reflexões intimas. E  querer seguir em frente após  ter refletido e redescoberto um novo propósito para a vida, pode significar o fim do inverno.
4 – A primavera (O despertar¹) – estação das flores e dos perfumes – é a quarta fase. Ela esta associada a novas conquistas (relacionamentos, amizades, amores) ou aprofundamento das existentes. Nesta fase as nossas ações são seletivas, aprendemos a ter prioridades. A automotivação é inevitável e constantes, pois estamos no máximo de nossa criatividade. Este é o momento da renovação e da coragem de permitir o fluir dos acontecimentos para a simplicidade.
E assim concluiu a Coach Cris Repolês a sua reflexão que aqui transcrevemos:
“O completar de todos os ciclos, é uma transição florescendo na forma de transformação em sua vida. Uma jornada gigantesca que realmente transforma a sua vida durante o processo.

Depois do ciclo completo, você volta para a fase inicial e começa a sonhar novamente para poder iniciar um novo ciclo de crescimento. Aonde está você agora???”

Faça o extraordinário acontecer!!!

(¹) Tradução livre dos nomes dos ciclos dado pela Coach Cris Repolês.

Email: Coach@CrisRepoles.com
Facebook: https://www.facebook.com/crisrepolesbiz
Marque sua sessão: http://www.calendly.com/coachcris
TXT / SMS: (424) 262-2458

Cada ciclo tem suas fases e cada fase suas características e em todas elas, encontramos pontos positivos para enriquecermos nossa caminhada na estrada da vida. Mas a pergunta que não quer calar é: O que você pode fazer para descobrir em que “fase”, “estágio”, ou momento você se encontra agora?
Pergunte-se como você está agindo atualmente, como se sente e como você se percebe. Vamos! Sai de dentro de você, vá em direção às nuvens e dessa posição, como expectador (3ª pessoa), observe suas ações, seus sentimentos, seus relacionamentos, enfim se perceba por completo. Quando fazemos isso, nos reconhecemos e criamos condições de identificarmos em qual estação nos encontramos. Ufa! é o  principiar do autodescobrimento… a busca infinita de nós por nós mesmos. É o princípio do “amar a si mesmo”.
Quando descobrimos realmente em que momento nós nos encontramos podemos reagir e entender melhor as situações que nos cercam… aumentando infinitamente nossas possibilidades de transformação e renovação.
The Dragon

E você já sabe em qual estação se encontra? Venha vamos descobrir!

Você é o maestro de toda transformação!
Klau, The Dragon Coach.

https://www.facebook.com/thedragoncoach
Telefone / WhatsApp: +55 (61) 99283-7346
e-mail: thedragoncoach@gmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s