Uma Carta Aberta para a Minha Ex.

images_(15)[1]

Durante muito tempo tentei compreender o que tinha acontecido, se as lágrimas que foram derramadas eram da minha incapacidade de fazer dar certo ou se tudo não passava de incompatibilidades que a vida me proporcionou sem nenhum motivo aparente.

Cansei de refletir e procurar uma solução racionalizada para a dor que consumia o meu peito, pois o excesso tinha me levado ao extremo mental e os conflitos internos começavam a me assombrar novamente.

Foi quando decidi desistir de compreender que uma luz começou a brilhar. Olhei para dentro de mim e percebi de que não poderia e nunca poderei mudar ninguém, apenas aprimorar-me. Olhei os meus passos e notei que gastei mais tempo tentando transformá-la em alguém melhor, sem me dar conta que acabei esquecendo-me de mim várias e várias vezes. Exigindo algo que nem eu possuía, uma contrariedade e tanto.

Conclui então, que minhas atitudes não justificavam meus desejos e que sua falta de atitude nunca poderia ter sido transformada em uma cobrança – ou várias, como eu fazia. Dei-me conta de que o errado não era só você, mas, principalmente eu. Que tinha um pensamento imaturo, infantil e ignorava aquilo que me trazia para fora da minha zona de conforto, por medo de mudar algo que estava bom no meu ponto de vista e que se você se esforçasse mais, tudo daria certo.

Como sempre, perdi dias de prazer ao seu lado, para criticar suas atitudes egoístas, sendo que o egoísta era eu. Olhava para nossa relação e desejava que você me amasse mais, enquanto eu sufocava você minando-a de regras e limitações amorosas, como se você fosse uma máquina que no momento que aceitou namorar comigo, teria que fazer minhas vontades.

O tempo passou, lembranças ficaram e desses anos pra cá as fichas continuam caindo em direção ao bom senso que nunca tive na nossa época. Reflito e percebo que hoje não sou 10% da pessoa que eu era com você. Mimado, agressivo quando me contrariava e acomodado na minha ilusória vida mansa.

Você me fez correr atrás dos meus sonhos e eu nunca tive a oportunidade de agradecê-la por isso, então muito obrigado; de coração. Me transformei aos poucos e evolui mais com a sua partida, do que 20 anos da sua presença, amadureci, transformei-me e conquistei desejos que, na minha cabeça, demorariam décadas para se tornarem reais.

Hoje olho para trás e não sinto ressentimento por ter me deixado, hoje posso olhar sua time line, ver você na balada, cumprimentar sua família e até vê-la com outro alguém lhe fazendo sorrir. Hoje sou diferente, sou mais tranquilo em relação a tudo. Você me ajudou mesmo sem saber. Compreendi que nada é nosso de verdade e que tudo chega ao fim, o que nos cabe é aproveitar cada instante.

Hoje eu sinto que não sou melhor que ninguém, nem quero ser e sinto que me superar é o objetivo mais árduo que posso realizar.

Hoje eu sou grato a você, sou grato as dores que passei e a imaturidade que se foi com esses anos de reflexão e aceitação. Alguns demoram anos, outros décadas – ou até uma vida – para equilibrar-se novamente.

Obrigado as oportunidades.

Carrego o que é bom, aprendi com o que foi ruim e tento mostrar que o fim nem sempre é o pior caminho, mas muitas vezes ficar acorrentado em uma relação infeliz, cômoda, frustrante durante anos é terrível. Perceber que sua vida não passou de uma vitrine para aqueles que nem ligam para seu íntimo, é muito pior. Perdendo assim o mais valioso; chances.

Essa carta é para todas as pessoas que já sentiram a dor de um pé na bunda e não desistiram, porque a vida testará a gente, hoje e sempre, basta a nós decidirmos se viveremos futilmente e acovardados ou levantaremos nossos olhos e encararemos olho a olho as manchas que insistem em ficar nas nossas almas. Aproveite seu caminho e contemple a vista meu caro. Um dia ela acabará.

Por: Gabriel Zorgetz Capeletti para Vida em Equilíbrio  via http://www.equilibrioemvida.com/


E você vai esperar 20 anos para começar a ser feliz? Venha comece agora!

Você é o maestro de toda transformação!
Klau, The Dragon Coach.

https://www.facebook.com/thedragoncoach
Telefone / WhatsApp: +55 (61) 99286-5192
e-mail: thedragoncoach@gmail.com

Anúncios

Melhor Momento de Amar

Inconfesso Desejo

“Queria ter coragem
Para falar deste segredo
Queria poder declarar ao mundo
Este amor
Não me falta vontade
Não me falta desejo
Você é minha vontade
Meu maior desejo
Queria poder gritar
Esta loucura saudável
Que é estar em teus braços
Perdido pelos teus beijos
Sentindo-me louco de desejo
Queria recitar versos
Cantar aos quatros ventos
As palavras que brotam
Você é a inspiração
Minha motivação
Queria falar dos sonhos
Dizer os meus secretos desejos
Que é largar tudo
Para viver com você
Este inconfesso desejo” – Carlos Drummond de Andrade

images_(14)[1]

Assim como o poeta mineiro o Dragon também possui…

Um inconfesso desejo… de revelar “o amor” que sinto e decodifica minha alma expondo todas as minhas mais secretas intenções de amar…

Um inconfesso desejo… de revelar “o amor” que vivo e inibe todos os medos de amar…

Um inconfesso desejo… de revelar “o amor” que  rompeu com as barreiras do convencional e me permitiu adentrar novamente no campo da imaginação, dos sonhos de amar…

Um inconfesso desejo… de revelar “o amor” que é a mais bela energia criadora e propulsora do infinito desejo de amar…

Um inconfesso desejo… de revelar “o amor” que motivou a força interior na busca da chave que rompeu a resistência de amar…

Um inconfesso desejo… de revelar “o amor” que arrebentou as grades de uma vida sem sabor, possibilitando a liberdade de amar…

Um inconfesso desejo… de revelar “o amor” que coloriu meu mundo com cores vivas a arte transformadoras de amar…

Um inconfesso desejo… de revelar “o amor” que iluminou a estrada do futuro com a luz da felicidade de amar…

Um inconfesso desejo… de revelar “o amor” que é vigoroso alicerce sustentador da construção que abriga a opulência de amar…

Um inconfesso desejo… de revelar “o amor” e sua maravilhosa inspiração que alimenta meus sonhos, a cada noite, na certeza de ter encontrado o verdadeiro caminho que conduz a  simplicidade de amar

FB_IMG_1464272130617[1]

Nada mais inconfessável do que o desejo de desejar o inconfesso desejo

de confessar a loucura dos secretos pensamentos de amar a Phoenix;

de gritar a insensatez dos indefinidos modos de amar a Phoenix;

de falar a linguagem capaz de definir os encantos de amar a Phoenix;

de cantar a construção das notas verdadeiras e plenas do sentido de amar a Phoenix;

de escutar o som do coração que me conduz ao delicioso prazer de amar a Phoenix;

de olhar a felicidade que explode além das fronteiras de amar a Phoenix;

de caminhar sendo o que sou, sendo livre e tendo a liberdade de amar a Phoenix;

de viver no pensamento de ser amado na plenitude do sentimento de amar a Phoenix.

E hoje (Dia dos Namorados)… confesso meu inconfessável desejo de descobrir quando é AGORA o melhor momento para AMAR A PHOENIX

… AGORA É O MELHOR MOMENTO DE SEMPRE AMAR… PHOENIX.

The Dragon


E você já descobriu AGORA quando é o melhor momento para AMAR?

Você é o Melhor Momento de toda transformação!
Klau, The Dragon Coach.

https://www.facebook.com/thedragoncoach
Telefone / WhatsApp: +55 (61) 99286-5192
e-mail: thedragoncoach@gmail.com

O Poder é VOCÊ…

frases-de-motivacao-4[1]
“As pessoas querem que eu faça tudo por elas, mas não se dão conta de que elas tem o poder… Você quer um milagre filho? Seja o milagre…” – do filme O Todo Poderoso.

Resignados! Resignados! Assim vamos representando nosso papel no teatro da vida real, acreditando que não nos resta outra alternativa a não ser vivenciar o papel que nos cabe na sociedade, nos esforçando para corresponder as expectativas de todos aqueles com quem convivemos  – pais, filhos, namoradas, esposa, chefes, amigos…
Ao longo da caminhada pela estrada da vida encontramos inúmeros projetos, estruturas algumas apenas no começo, outras em ruínas, diversas implementadas, raras acabadas e promissora e a maioria inacabada. Olhamos, observamos e escolhemos – ou somos escolhidos – aquela que mais nos envolve, entorpece e aquece os nossos pensamentos e sonhos, então num átimo de embriaguez dos sentimentos edificamos sobre ela os nossos sonhos, a nossa vida… e ficamos assistindo o tempo passar, a juventude se ausentar, os filhos crescerem, a velhice chegar, como se não houve alternativa,  como se simplesmente tivéssemos que aceitar o destino e os acontecimentos.
Nos dizeres do magnifico poeta Mário Quintana:
“A vida é tão curta, tão curta e o tempo passa tão rápido.
 A vida são deveres, que nós trouxemos para fazer em casa.
 Quando se vê, já são seis horas!
 Quando se vê, já é sexta-feira…
 Quando se vê, já é Natal…
 Quando se vê, já terminou o ano…”
Quando se vê, quando se vê… já passaram-se 20 anos, 30 anos… Quando se vê já passaram-se 50 anos!
E ai! o quê fazer? A estrutura edificada não suportou o peso do tempo e desabou. Nos ombros permanecem os dias , os meses, os anos, os encontros e desencontros, as alegrias e tristezas, as conversas e os silêncios, o amor e a indiferença, os momentos de uma vida intensa mas sem sabor. E nesse momento o pensamento é um só: Eu fracassei!… Tudo está perdido!… Não deu tempo!… Nada se fez e tudo se foi!… e ai! o quê fazer?
Não desistir! Não desanimar! Não ter medo do fracasso! Olhe dentro de si mesmo e perceba a força que existe em sua própria estrutura. Use do poder que existe em você.
 Qual poder? Onde ele está? Será que eu o possuo? 
Sim! Sim! Sim! Todos nós possuímos. Aliás, nós já nascemos com o poder, ou seja, ele existe dentro de nós desde o momento em que damos o primeiro suspiro. Acredite, ele existe e está em você.
Vamos! Olhe para dentro de si mesmo e sinta o poder.
Vamos! Tudo depende apenas de você.
Vamos! O Poder é VOCÊ.
Vamos! Utilize desse poder… o poder de decidir, de escolher o que é melhor para si mesmo.
Refaça seu projeto. Reconstrua sua estrutura. Recomece. Escolha as luzes que irão clarear a estrada do seu futuro. O sucesso depende desta decisão. Gerenciar a vida é uma questão de escolha… decida e siga em frente.
Acredite! Você pode. Você consegue.
The Dragon

E você já fez sua escolha? Venha descubra o PODER que há em você! Descubra a si mesmo!

Você é o Poder de toda transformação!
Klau, The Dragon Coach.

https://www.facebook.com/thedragoncoach
Telefone / WhatsApp: +55 (61) 99286-5192
e-mail: thedragoncoach@gmail.com

Um julgamento… uma reflexão…

Julgamento

“Um garoto segurava em suas mãos duas maçãs. Seu pai se aproximou e lhe pediu com um belo sorriso: filho, você poderia dar uma de suas maçãs para o papai? O menino levanta os olhos para seu pai durante alguns segundos, e morde subitamente uma das maçãs e logo em seguida a outra. O pai sente seu rosto se esfriar e perde o sorriso. Ele tenta não mostrar sua decepção quando seu filho lhe dá uma de suas maçãs mordidas. O pequeno olha para seu pai com um sorriso de anjo e diz: É essa a mais doce, papai. “

Autor Desconhecido.


Julgamento é doença emocional!
Quando julgamos uma pessoa – pelos seus atos, atitudes ou palavras –  criamos uma teia de energias que nos aprisiona àquele que julgamos, pois tudo aquilo que conseguimos ver e perceber nos outros também nos pertence.

Julgamento cria barreiras!
Quando julgamos uma pessoa – pelos seus atos, atitudes ou palavras – um muro se estabelece na convivência em razão do pensamos e sentimos a respeito do outro baseados em nossos preconceitos, limitações.

Julgamento é encontro com as próprias sombras!
Quando julgamos uma pessoa – pelos seus atos, atitudes ou palavras – estamos compulsivamente fugindo de nós mesmo e projetando nos outros as imensas sombras que existe em nosso derredor e que muitas vezes ignoramos.

Julgamento é criação de realidade para entender a outra pessoa!
Quando julgamos uma pessoa – pelos seus atos, atitudes ou palavras – criamos a nossa realidade acerca daquela pessoa para entendê-lá, mas não significa que a pessoa seja o que você entende.

Julgamento cria vinculações indesejáveis!
Quando julgamos uma pessoa – pelos seus atos, atitudes ou palavras – estabelecemos em nós condições e bases emocionais que nos atam à pessoa julgada.

Julgamento é peso energético!
Quando julgamos uma pessoa – pelos seus atos, atitudes ou palavras – estamos imantando o nosso magnetismo pessoal, a nossa aura, com parcela significativa dessa energia negativa.

Utilize o discernimento e a maturidade e:
Dê aos outros o privilégio de poder se explicar…
Dê a você a possibilidade de entender, confiar, acreditar e compreender…

E aqui fica a reflexão… Mesmo que a ação pareça errada, o motivo pode ser bom!

The Dragon


E você até quando fugirá de si mesmo julgando ao outro?

Você é o Discernimento de toda transformação!
Klau, The Dragon Coach.

https://www.facebook.com/thedragoncoach
Telefone / WhatsApp: +55 (61) 99286-5192
e-mail: thedragoncoach@gmail.com

Casamento – Rotina sim… Monotonia não…

11111111

“Todo dia ela faz tudo sempre igual/ me sacode às seis horas da manhã/ me sorri um sorriso pontual/ e me beija com a boca de hortelã…”  – Chico Buarque de Holanda

E se um dia ela fizesse algo diferente… E se um dia ele fizesse algo diferente…

E se…

O que você está fazendo com o seu casamento? Até onde vai chegar o seu relacionamento se você permanecer enraizado com medo do novo, da mudança? Quanto durará o seu relacionamento se deixar a ROTINA se transformar em MONOTONIA?

O sucesso do casamento está em não admitir que a rotina se transforme em monotonia.

Viver a rotina não é uma situação ruim. Pode até ser uma coisa boa dependendo de como a vivenciamos. Ela é até necessária para o nosso dia a dia. Ela nos mantem focado em nossos objetivos, em nossos propósitos. A rotina nos impõem uma disciplina de tempo, nos força a seguir regras determinadas e sermos obedientes as nossas necessidades.

Rotina não é monotonia, entretanto sem vigilância a rotina pode se transformar em monotonia. A monotonia promove a distração do essencial, engessando a capacidade de aproveitamento e mudança. Ela perde o foco e se torna enfadonha, embaraçando e deixando o dia acinzentado, sem gosto.

A rotina é importante para organizar a vida. E a vida é sempre um convite ao novo… ao novo amor, a nova aventura, a um novo emprego, um novo amigo. A vida é sempre um convite a mudança… ir a um cinema diferente, assistir a um filme mais ousado, ir a outro restaurante, dormir um pouco mais tarde. A vida pede ousadia, que se arrisque um pouco mais. A vida é sempre um convite a “fazer algo diferente todos os dias” para que a rotina não se transforme em monotonia.

O sucesso do relacionamento, do casamento ou de qualquer relação afetiva está em não permitir que a rotina se transforme em monotonia. E como não virar monotonia?

Uma relação amorosa precisa ser cultivada pra que rotina não vire monotonia, trazendo os vários elementos da paixão para a vida amorosa. É necessário reviver a paixão e sua energia, ou seja, usar da criatividade, da capacidade de fazer o inédito e criar a surpresa que encanta, que faz sorrir. É preciso atear fogo novamente na relação criando momentos em o tempo foge e o espaço se anula e tudo se torna possível. É fundamental surpreender a outra pessoa e a si mesmo.

É preciso ludibriar a rotina e fazer o diferente… se permitir pequenas licenças poéticas no relacionamento, mas essa ideia de quebrar a rotina não significa romper com os pactos do relacionamento.

E se todo dia ela fizesse algo diferente… E se todo dia ele fizesse algo diferente…

E se…


E você qual escolha tem feito? 

Você é a Escolha de toda transformação!
Klau, The Dragon Coach.

https://www.facebook.com/thedragoncoach
Telefone / WhatsApp: +55 (61) 99286-5192
e-mail: thedragoncoach@gmail.com

 

A Força do Silêncio

ggjk1800x2880“Pense em alguém poderoso… Pense nos Lobos…

Os lobos não gritam. Eles têm uma aura de força e poder. Observam em silêncio.
Somente os poderosos, sejam lobos, homens ou mulheres, respondem a um ataque verbal com o silêncio.
Além disso, quem evita dizer tudo o que tem vontade, raramente se arrepende por magoar alguém com palavras ásperas e impensadas.
Exatamente por isso, o primeiro e mais óbvio sinal de poder sobre si mesmo é o silêncio em momentos críticos.
Se você está em silêncio, olhando para o problema, mostra que está pensando, sem tempo para debates fúteis.
Se for uma discussão que já deixou o terreno da razão, quem silencia e continua a trabalhar mostra que já venceu, mesmo quando o outro lado insiste em gritar a sua derrota.

Olhe… sorria… silencie… vá em frente.

Lembre-se de que há momentos de falar e há momentos de silenciar.
Escolha qual desses momentos é o correto, mesmo que tenha que se esforçar para isso.
Por alguma razão, provavelmente cultural, somos treinados para a (falsa) ideia de que somos obrigados a responder a todas as perguntas e reagir a todos os ataques.

Não é verdade.

Você responde somente ao que quer responder e reage somente ao que quer reagir.
Falar é uma escolha, não uma exigência, por mais que assim o pareça.

Você pode escolher o silêncio…” – Aldo Novak (com adaptações)


Sempre que os trovões das discussões assustarem o relacionamento busque o silêncio e responda com um sorriso pacificador;
Sempre que as nuvens da desconfiança apoderarem do relacionamento responda com o silêncio de um olhar apaixonado;
Sempre que os raios da calúnia e da inveja atingirem o relacionamento responda com o silêncio de um abraço acolhedor;
Sempre que a tempestade desabar sobre o relacionamento utilize a mais poderosa resposta para o momento: O SILÊNCIO.

E quando a tempestade passar… aproveite o despontar do sol para ter uma conversa edificante e esclarecedora… regada com o silêncio de beijos apaixonados.

The Dragon


E você como vai agir durante a tempestade?

Você é o silêncio de toda transformação!
Klau, The Dragon Coach.

https://www.facebook.com/thedragoncoach
Telefone / WhatsApp: +55 (61) 99283-7346
e-mail: thedragoncoach@gmail.com